Rio - (O DIA)  Em parceria com a Petrobras, o Instituto Vital Brazil lançou este ano o "Promotores da Vida". O projeto tem como principal objetivo beneficiar 720 pessoas nos municípios de Cachoeiras de Macacu, Casimiro de Abreu, Guapimirim, Itaboraí, Magé, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá. Os cursos oferecidos de forma gratuita são auxiliar técnico de biotério, auxiliar técnico de laboratório, auxiliar técnico de controle de pragas urbanas, auxiliar técnico de jardinagem e paisagismo e monitor ambiental em saúde. As turmas terão entre 20 e 30 alunos e inscrições permanentes.


Serão entre 20 e 30 alunos por turmas e as inscrições são permanentes | Foto: Divulgação

Como são cursos de qualificação, 60% das aulas serão práticas. Ao final das aulas, 20% dos alunos, aqueles que se destacarem, receberão uma bolsa para fazer estágio nas instituições parceiras do projeto.

"O objetivo é qualificar as pessoas em situação de vulnerabilidade social e trazê-las para o mercado de trabalho. Dentro do projeto, existe um estudo de empresas do entorno que poderão absorver essa mão de obra, bem como da necessidade delas para a escolha dos cursos", diz o diretor-executivo do projeto, Cláudio Maurício.

Podem participar pessoas com idade entre 15 e 59 anos, que estejam matriculadas no ensino público (ou que sejam egressas da rede pública de ensino) e que tenham concluído o ensino fundamental. Para se inscrever, é preciso estar desempregado, ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

As inscrições podem ser feitas no site http://www.vitalbrazil.rj.gov.br/promotoresdavida. As aulas acontecem diariamente, em dois turnos (manhã, das 8 às 12 horas e tarde, das 13 às 17 horas), com duração média de três meses. São dois ciclos de cursos por ano.